Escritora Vera Salbego

Poesia e Contos , Crônicas

Textos


Estamos Todos no mesmo barco

Estamos todos no mesmo barco
Por
Vera Salbego

Nesta época em que vivemos certos padrões que a mídia impõe, uma era de exaltação de celebridades reais e inventadas , ter paz interior é algo que devemos cultivar e tentar sobreviver nessa sociedade. Uma pessoa é gigante nesse mundo quando vive sem cuidar da vida alheia e tenta viver em seu quadrado, construindo um mundo melhor , sobrevivendo sem tentar derrubar o outro ,pois estamos no mesmo barco, respeitando seus limites e não invadindo o espaço do outro. Muitas vezes, vizinhos nos incomodam com músicas até a madrugada desrespeitando a lei do silêncio ou então deixando cair seu lixo e continuam a caminhar como se nada tivesse acontecido. No trânsito, motoristas cada vez mais displicentes, prejudicam nas cidades e nas estradas , muitas vezes ocasionando acidentes . Vivemos num mundo que certas pessoas,com seu egoísmo, provocam um caos em determinadas situações. Se o fumante tivesse cuidado de colocar seu cigarro no local adequado, não ocasionaria incêndio principalmente nas estradas. Se vivemos no mesmo barco, que é o Planeta , devemos cuidar para que haja um amanhã para nossos netos .
Se os pais educaram seus filhos, todos viveremos numa terra onde as pessoas se respeitam e teremos nosso barco num mar calmo e seguro.
Depende de cada um de nós seguir a linha da esperança e sermos espíritos de luz, emitindo energias positivas ao planeta , seguindo nossos padrões pessoais e não aqueles impostos pela mídia . Assim seremos Celebridades do nosso Planeta trabalhando em prol da humanidade. Respeitar nossos rios , lagos ,praças e ruas e cuidar das flores que vemos em nossa caminhada diária vai deixar nossa cidade mais bela . Mude seu olhar, procure observar as coisas simples da vida , sentir o cheiro da relva , das flores das larangeiras . Observe os ipês floridos pelas ruas das cidades que enchem nossos corações de beleza . E nossa Guaíba fica colorida quando setembro chega . A cada momento, nosso mundo se reconstrói e cabe a cada um de nós também seguir o ritmo da vida ,ouvindo o clamor da natureza e admirando nossa bela natureza.

Foto : amiga Angela Severo
VeraSalbego
Enviado por VeraSalbego em 20/04/2020


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras