Escritora Vera Salbego

Poesia e Contos , Crônicas

Textos


E abram alas que quero passar...

E abram alas que quero passar...
Por Vera Salbego
Nessa época todos ganham a liberdade de ser quem quiser. De se divertir, aproveitar. É a liberdade que permite cada um tirar a máscara e viver suas fantasias sem ninguém julgar.
É ninguém se importa com a fantasia escolhida ou o modo como dança. O importante são os sorrisos e a diversão.
A criatividade de cada carnavalesco é o que importa. Cada um quer ser feliz a sua maneira. Música, brilho, burburinha um amontoado de pessoas dançando como se não houvesse amanhã, e a felicidade estampada no rosto de cada um.
Hoje os bloquinhos estão na moda e percorrem as cidades com sua batucada. Vejo isso em minha Praia de Salinas onde veraneio Estes bloquinhos saem às ruas de Salinas com os moradores animados acompanhando as marchinhas antigas. E o carnaval acaba na praia fazendo o povo feliz. Gosto de participar do nosso carnaval é viver essa energia. O carnaval é justamente isso, dar liberdade de ser o que quiser. Desde que haja respeito entre os participantes o resto é folia. A sensação que fica mesmo é a de que o ano só começa depois do
VeraSalbego
Enviado por VeraSalbego em 15/02/2021


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras