Escritora Vera Salbego

Poesia e Contos , Crônicas

Textos


Sou eu é nada mais

 

 

Sou brisa a invadir teu ser

Sou cheiro de mato

Sou a relva das montanhas

O arco-íris.

 

Sou a flor que desabrocha ao meio dia.

Sou a cachoeira de águas límpidas

Sou a areia molhada que molha teus pés.

 

Sou o anoitecer

O Raiar do sol a iluminar teus caminhos.

Sou o errado é o certo

A tranquilidade de um novo momento.

 

Sou o vento que desalinha teus cabelos

Sou estrela que embeza tua noite.

 

Sou a busca, a espera ...

De te ver chegando a mim

Para iniciarmos a caminhada

Ao longo do tempo.

Sou eu é nada mais.

Vera Salbego

 

http://verasalbego.wixsite.com/verasalbego

 

 

 

 

 

 

VeraSalbego
Enviado por VeraSalbego em 21/06/2022


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras